O Voadeira Estradeira nasceu um blog sobre viagens (período incrível!). Depois se tornou um breve diário pré-casório e agora está migrando de tema de novo... sobre meus novos projetos literários, e também algo sobre ser mamãe pela primeira vez, sem desprezar as futuras viagens, claro! Muito confuso? Talvez, mas esse é o blog de alguém que escreve, jornalista de formação, atriz de teatro e escritora para o resto da vida. Seja muito bem vindo!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Por mais sorvetes de casquinha...

Todo mundo fica mais leve com um sorvete de casquinha na mão.
Um dia desses passeando no shopping vi dois homens adultos, de crachá, apressados, talvez voltando do almoço, cada um com uma casquinha nas mãos. Lambidas rápidas entremeavam a conversa.
Não dá pra ser sério com um sorvete de casquinha na mão.
E pra que ser sério o tempo todo?
Minha avó dizia que se sentia a mesma menina de sempre, aí quando olhava no espelho se espantava. Nossa! Já era uma senhora de 80 anos! Ela vivia esquecendo disso. A verdade é essa, nossa essência é o que é seja lá que idade carregamos. Aí com um sorvete de casquinha viramos meninos e meninas de novo. Um 2017 com mais sorvetes de casquinha pra você e pra mim!